A ESPERANÇA DO CERRADO


VIVEIRO NATIVO, instituição preocupada com a recuperação do BIOMA do Cerrado.
Após 13 anos de acompanhamento da rápida evolução da exploração sobre o cerrado (soja, milho, café, gado, madeira e outras), assistindo o enfraquecimento da mata e conseqüentemente da fauna, sentindo totalmente incapacitado frente ao desenvolvimento, nasce a esperança do cerrado o “VIVEIRO NATIVO”, localizado na BR 146 km-53 – Santana de Patos, Patos de Minas-34 38234179.


Hoje o viveiro está dividido em 3 grupos: 1º grupo de mudas nativas, 2º grupo de mudas de café e 3º grupo de mudas de árvores para reflorestamento comercial, com mais de 200 espécies da flora do cerrado, além de algumas exóticas e de arborização. O Viveiro Nativo tem capacidade de produção anual de 500.000 mudas nativas e 2.000.000 de mudas divididas entre café, eucalipto, mogno e cedro.


No reflorestamento e recuperação de matas nativas ainda existe uma discussão sobre plantar as espécies nativas de mesma ocorrência ou deixar regenerar de forma espontânea. Porém, é aconselhada a regeneração da mata de forma espontânea, somente em casos de áreas que sofreram a exploração parcial, ou seja, nunca houve desmatamento total, nunca foi pasto ou lavoura, apenas houve a penetração do homem para uma exploração extrativista superficial, caso contrário será necessário o replantio de espécies de ocorrência local, muitas frutíferas e árvores com crescimento rápido, moderado e principalmente as de crescimento lento e vida longa.


O cerrado brasileiro é composto de aproximadamente 23% do nosso solo, é muito rico em frutas e fauna, é o 2º bioma do Brasil, só perde para a mata amazônica.
O VIVEIRO NATIVO preocupado com esse bioma procura conscientizar através das crianças – Projeto Social – a manutenção das áreas existentes, doações de mudas para o replantio, divulgação da legislação e palestras de cidadania, tornando um viveiro didático pelo  ambiente.


Muita divulgação em relação aos cursos d’água onde devemos manter a reserva permanente de cada lado da água de acordo com a legislação. Para nascentes, a legislação exige manter um raio de mata virgem.


A expectativa é conveniar e congregar os setores do governo, os privados e os do terceiro bem como as academias em torno de uma causa que é de todos, objetivando minimizar os problemas envolvidos na reprodução das espécies, tais como; colheita, semeio, plantio, registro de matrizes, estoque de mudas, banco de sementes, procedimentos operacionais padronizados e legalizados e o plantio através dos municípios.


Outra atividade em execução é o plantio virtual, veja, se alguém quer plantar árvores, nos do VIVEIRO NATIVO plantamos as espécies arbóreas no bioma cerrado, emitimos um CERTIFICADO do plantio com o posicionamento, a latitude e longitude, da árvore plantada, cuidamos por 2 anos, informamos a espécie plantada e dispomos de equipe para receber os solicitantes dos plantios das árvores para visitação nos locais. A cada árvore plantada existe uma quantidade de captura de Co2. O valor aplicado para cada muda plantada varia de R$ 8,00 a R$ 20,00, para o plantio e cuidados durante os 2 primeiros anos, dependendo das dificuldades envolvidas com a espécie solicitada e o local de preferência para o plantio.

Prefeituras, escolas e empresas interessadas em visitação, poderão marcar imediatamente para visitação no período de maio a agosto e os convênios poderão ser feitos imediatamente.



MISSÃO


Reduzir o impacto no bioma cerrado através da produção e distribuição de mudas de árvores nativas do cerrado.
Apollo